6 coisas que você precisa saber sobre viagem em família

Férias econômicas | Deixe um comentário | 20 de maio de 2018

Tirar férias em família é, sem dúvidas, uma das melhores experiências que você pode compartilhar com seus filhos. Visitar uma cidade diferente é uma oportunidade de conhecer novas histórias, fazer amizades e, claro, tirar fotos incríveis. Mas você sabe como se organizar pra que a viagem caiba no orçamento familiar?

Neste artigo, preparei uma lista prática com os seis passos básicos que todo mundo deve conhecer antes de começar a planejar uma viagem em família. Vamos lá?

1 – Todo mundo é importante no planejamento da viagem

Tudo bem que tem sempre uma pessoa mais organizada na família – que deve cuidar de funções como a compra das passagens, pesquisa de hospedagem etc. –, mas a primeira decisão (pra onde ir) deve ser tomada por todos. Uma boa ideia é escolher um lugar que ofereça diferentes tipos de entretenimento, assim toda a família pode curtir bastante.

Invista nas suas férias: uma dica que poucas pessoas vão te dar

2 – Deixe os pequenos opinarem no roteiro turístico

Já escolheram o destino de férias? Então é hora de decidir quantos dias vocês vão ficar e como será a viagem. Além dos pontos turísticos clássicos, é sempre bom ficar por dentro das opções de entretenimento infantil da cidade: parques de diversão, parques aquáticos, zoológicos… dê alternativas para as crianças e deixe que elas palpitem na programação para elaborar um roteiro eclético e participativo.

Ah, é bom contar com imprevistos, como lugares fechados para reforma ou manutenção, então tenha sempre algumas cartas na manga!

3 – Tenha cada gasto na ponta do lápis

Agora que a família já sabe aonde ir e o que fazer, é hora de colocar os valores no papel e viabilizar a viagem. Calcule os possíveis gastos com transporte, alimentação, passeios, compras e imprevistos – essa margem de segurança é muito importante.

Importante: Cuidado para não fazer dívidas e voltar de viagem em uma situação difícil. Embora a viagem em família seja um momento de descontração e vocês possam se sentir generosos, o controle financeiro é fundamental. Cartão de crédito só em emergências!

4 – Seja esperto na compra das passagens

O lado bom de comprar passagens para muitas pessoas é que várias companhias aéreas e agências de viagem oferecem facilidades de pagamento e descontos em pacotes. De qualquer forma, você deve escolher o momento certo e comprar com antecedência para garantir o melhor preço e aliviar o orçamento.

Importante: Fuja das datas comemorativas. Embora sejam épocas tentadoras para reunir a família, essas datas acumulam o ápice da demanda de passagens e hospedagem, portanto os preços vão lá em cima. Se quiser economizar, prefira datas “frias”.

5 – Faça as malas com antecedência

Muita antecedência, se possível. Isso permite que você confira o que está faltando, troque excessos entre malas – o que pode ser crucial se vocês forem viajar de avião – e deixe tudo nos conformes. A gente sabe que nunca dá pra deixar tudo 100%, mas ninguém merece aquela loucura de fazer as malas na última hora, né?

Veja também: 4 dicas para aproveitar ao máximo suas férias

6 – Monte um kit de emergências

Este é o último item da lista, mas segurança vem em primeiro lugar, especialmente se sua família estiver viajando para uma cidade desconhecida.

Antes de fazer as malas, prepare um kit contendo pequenas porções de analgésico, antitérmico, antiácido, curativos autocolantes, gaze e esparadrapo, para amparar pequenos ferimentos ou desconfortos que possam acontecer durante a viagem.

Família preparada pra por o pé na estrada (ou decolar)? Comenta aqui: qual será o destino da sua viagem?

-->